Busca e apreensão de veículos: saiba como evitar 

Posted on Postado em Busca e Apreensão

O processo de busca e apreensão de veículos é comum e acontece com frequência, especialmente em carros financiados. A razão é o atraso das parcelas.

O banco ou financeira possuí permissão para recolher o veículo.
A princípio, quando se adquire um veículo e opta pelo financiamento, o bem serve como garantia sobre o pagamento.

Logo, basta atrasar as parcelas e aquele bem, no caso, o carro, pode ser apreendido pela financeira ou banco.
Este conteúdo vai te ajudar como um guia para evitar que a busca e a apreensão do seu veículo aconteçam.

Afinal, como evitar que a busca e a apreensão de veículos aconteçam?

Primeiro passo, para entender as formas para evitar a busca e apreensão de veículos, é primordial conhecer os tipos de financiamento. A seguir os tipos mais comuns:

  • Consórcio — Esse é um sistema de compra planejada, reunindo pessoas com interesses em comum na aquisição desse bem. O valor das parcelas sofrem alterações, de acordo com o preço base do veículo.
    • CDC (Crédito Direto ao Consumidor) — As mensalidades são fixas e o automóvel fica alienado ao banco financeiro, ou seja, você tem a posse, mas deve pagar o valor total para o veículo ser legalmente seu.
    • Leasing— É uma locação financeira e conhecida como arrendamento mercantil. As parcelas funcionam como um “aluguel” do veículo, porém, ao pagar todas as parcelas, o veículo se torna, de fato, seu.

À primeira vista, o entendimento sobre as formas de financiamento são cruciais para evitar a busca e apreensão de veículos. Confira abaixo as dicas para ter um processo de financiamento seguro.

1. Leia bem as condições do financiamento

Antes de mais nada, é fundamental atentar-se a um fator muito interessante: as condições presentes no financiamento. Embora seja clichê, a realidade é que as pessoas não prestam atenção e se arrependem.
Procure ver a taxa de juros, tempo e as condições, sempre comparando com o que é praticado no mercado. Depois, é dar prosseguimento e evitar que a busca e a apreensão de veículos aconteçam.

 

  1. Se existirem atrasos de parcelas, negocie com a instituição financeira

Dica importante: se perceber que “vai apertar”, procure conversar com a instituição financeira e tente um caminho alternativo. Algumas instituições facilitam, aumentando o prazo e diminuindo o valor da parcela, por exemplo.

 

  1. Não atrase mais que 3 parcelas para evitar a busca e apreensão do veículo

Em primeiro lugar, o atraso de uma parcela permite que a instituição bancária/financeira busque e apreenda o seu veículo. Por outro lado, é comum que a busca e apreensão aconteça a partir de 28 dias de atraso.
O mais importante é se planejar financeiramente e evitar que esse problema aconteça.

A busca e apreensão de veículos pode ser evitada, basta seguir as dicas citadas anteriormente.

Gostou? Compartilhe com um amigo.